Shohei Otani deverá mesmo desembarcar em solo norte-americano durante a próxima intertemporada. Segundo o site Yahoo Japão, o arremessador será colocado à disposição para contratação por times da MLB.

A grande questão e discussão que tem movimentado a mídia especializada é o provável destino de Otani. Ainda jovem, apenas 23 anos, o jogador está sujeito às regras de assinatura com jogadores internacionais, e isso é o grande X da questão, pois a escolha por uma franquia pode lhe custar alguns milhões.

Veja também: Shohei Otani: se você não conhece, está na hora de saber quem é esse fenômeno japonês

Algumas das franquias da MLB, para ser mais exato 12 delas, tem um limite baixo de bônus para investir em contratos desse tipo, “apenas” US$ 300.000. Atlanta Braves, Chicago Cubs, Chicago White Sox, Cincinnati Reds, Houston Astros, Kansas City Royals, Los Angeles Dodgers, Oakland Athletics, San Diego Padres, San Francisco Giants, St. Louis Cardinals e Washington Nationals podem não ter muita chance de disputar o atleta com franquias com um teto maior.

A partir desse valor de US$ 300.000, as demais franquias têm valores que podem chegar até US$ 10 milhões. Considerando o talento do japonês e o quanto os times gastam com jogadores e seus contratos, mesmo ainda jovens, o valor de US$ 10 milhões ainda é considerado baixo.

Na casa dos US$ 5 milhões a oferecer, estão Arizona Diamondbacks, Baltimore Orioles, Cleveland Indians, Colorado Rockies, Detroit Tigers, Los Angeles Angels, Miami Marlins, Milwaukee Brewers, Minnesota Twins, New York Mets, Philadelphia Phillies, Pittsburgh Pirates, Seattle Mariners, Tampa Bay Rays e Toronto Blue Jays.

Com um pouco mais está o Texas Rangers, podendo oferecer cerca de US$ 7 milhões. Mas se o assunto é dinheiro, Boston Red Sox e New York Yankees são os grandes favoritos do mercado. Os dois poderiam oferecer um pouco mais de US$ 8 milhões para Otani.

Financeiramente e em termos de holofotes, Yankees e Red Sox estariam a frente na disputa pelo fenômeno nipônico. Mas o que ninguém sabe, é o que Otani enxerga como prioridade nesse momento, já que, ao não esperar completar 25 anos e poder assinar um contrato com números muito maiores a estes, o jogador pode não priorizar o maior bônus.

Os Padres que tem uma relação com o atual time do arremessador, o Hokkaido Nippon-Ham Fighters, e os Dodgers que já tentaram a sua contratação quando ainda não havia sido draftado, fora a relação com arremessadores japoneses, principalmente Yu Darvish que é o ídolo de Otani, podem pesar na balança na hora da escolha.


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.

About The Author

Vinicius Farias é torcedor do San Francisco Giants. Sempre gostou das quatro ligas americanas, mas o beisebol é a maior paixão. Administrador de empresa por profissão e paulistano na essência.

Related Posts

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.