Saitama Seibu Lions

Títulos Nacionais: 13
Temporada 2016: 64 vitórias, 76 derrotas e 3 empates (Temporada Regular – Eliminado)

Segundo maior campeão nacional, os Lions, da cidade de Tokorozawa, buscam melhorar o desempenho recente que tem mantido distante o sonho do seu 14° título de NPB (1956, 1957, 1958, 1982, 1983, 1986, 1987, 1988, 1990, 1991, 1992, 2004 e 2008).

Fundado em 1950 em Fukuoka, com o nome de Nishitetsu Clippers, o time é mais um dos cinco criados na expansão da JBL (Japanese Baseball League) para atual NPB. Enquanto esteve em Fukuoka os Clippers trocaram de nome três vezes (Nishitetsu Lions, Taiheyo Lions e Crown Lighter Lions), passando a receber o nome de Seibu Lions em 1979, quando se mudou para Tokorozawa, mas apenas em 2008 adicionou Saitama ao nome.

As últimas três temporadas foram bem ruins para o time, não conseguindo campanha positiva em nenhuma delas. Em sua última campanha positiva em 2013 o time chegou a Climax Series, sendo eliminado no primeiro estágio. Novamente com um time pouco equilibrado, o quarto lugar na classificação em 2016 deve ser repetido nesse ano.

O time

Com o ataque sendo o grande trunfo do time, segundo melhor da liga em rebatidas e o terceiro em corridas anotadas, o destaque só poderia vir dele. Formado por cinco ótimos nomes, esse ataque tem em Hideto Asamura o melhor jogador do time.

Asamura, que só jogou pelos Lions em sua carreira profissional, desde 2010, viveu na última temporada o seu melhor desempenho no bastão, com um aproveitamento de 30,9% (segundo melhor do pacífico).

Estando entre os melhores da liga em muitas estatísticas, o jogador foi responsável por 172 rebatidas (segundo melhor do pacífico), contribuindo com 82 corridas impulsionadas (oitavo melhor do pacífico) e 24 home runs (sexto melhor do pacífico).

Hideto Asamura em ação no bastão (Facebook)

Se apenas Asamura não fosse suficiente, o time de Saitama conta com mais quatro jogadores contribuindo, e muito, com o ataque. Shogo Akiyama, Ernesto Mejia, Takumi Kuriyama e Takeya Nakamura combinaram para 562 rebatidas na temporada.

Akiyama é o jogador de chegar em base e completar as corridas, com suas 171 rebatidas (terceiro melhor do pacífico) e 98 corridas anotadas (melhor do pacífico). Já Mejia é o rebatedor de potência, responsável por impulsionar 103 corridas (terceiro melhor do pacífico) e 35 home runs (segundo melhor do pacífico).

Infelizmente para os Lions, a força que se vê no bastão não se reflete no montinho. Seus arremessadores foram responsáveis pela terceira pior marca de toda a liga em rebatidas cedidas e a quarta pior em corridas cedidas.

Talvez o único a se salvar nessa rotação de abridores, Yusei Kikuchi e seu ERA de 2.58 (segundo melhor do pacífico) foi o grande nome da rotação, contribuindo com 12 vitórias (quarto melhor do pacífico) e 127 strikeouts (sétimo melhor do pacífico). Tatsushi Masuda, fechador do time, teve bom desempenho na temporada, conseguindo 28 saves em 53 oportunidades (quarto melhor do pacífico).

Metlife Dome casa do time