Corey Kluber é, provavelmente, o melhor arremessador da liga quando está em descanso normal de quatro dias. Na temporada regular, nesse padrão, ele teve o ERA fantástico de 1,67. Após jogar mal na segunda partida da série, o ace do Cleveland Indians tem a responsabilidade de manter viva a temporada do time.

Informações básicas sobre o jogo
Horário: 21h (Brasília)
Estádio: Progressive Field
Transmissão: ESPN+

A pressão vai toda para os Indians. O time chegou a abrir 2-0 na série, após vencer 35 dos últimos 39 jogos. Kluber, além disso, tem a pressão extra de tentar apagar o péssimo jogo dois — em que, no entanto, mesmo assim o time de Cleveland conseguiu a vitória.

Tudo indica que o jogo de Kluber diante do New York Yankees, na partida dois, foi algo fora da curva e que ele deve dar a volta por cima. Para isso acontecer, ele precisará silenciar o bastão de Gary Sanchez, que está em grande fase na temporada.

No lado dos nova-iorquinos, quem sobe ao montinho é CC Sabathia. O canhoto jogou bem na partida dois da série, quando atuou por apenas 77 arremessos e saiu da partida, na sexta entrada, com apenas uma corrida cedida. Sabathia terá pela frente um ataque que ainda não acordou na série, com aproveitamento no bastão de apenas 17%.

Como se trata de um jogo de vida ou morte para os Yankees, é muito provável que Joe Girardi seja extremamente agressivo com o bullpen e utilize vários arremessadores durante o jogo — se for necessário, algo parecido com o que aconteceu no jogo de Wild Card, contra o Minnesota Twins.

É provável que Edwin Encarnacion volte ao ataque dos Indians, o que seria essencial para o time de Cleveland. Ele não jogou os últimos dois jogos da série por conta de torção no tornozelo.

Chave para os Indians

Atacar Sabathia desde cedo. Cleveland tem tido muitas dificuldades contra o poderoso bullpen dos Yankees, que no jogo quatro teve média de 98 milhas por hora na bola rápida. Portanto, se Sabathia conseguir carregar uma boa partida até a sexta entrada, a situação ofensiva ficaria muito complicada para os Indians.

Chave para os Yankees

Tentar conseguir corridas em situações de esforço coletivo, isto é, roubo de bases e até mesmo bunt. Kluber deve vir com tudo para hoje, assim como o bullpen descansado de Cleveland. Portanto, é justo acreditar que o ataque dos Yankees não conseguirá fazer muita coisa. Portanto, o time precisa aceitar a realidade e tentar “espremer” o máximo de corridas possíveis do montinho de Cleveland hoje.


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.