Se o primeiro jogo da Japan Series foi de desequilíbrio o domínio dos donos da casa, o segundo jogo reservou emoções, equilíbrio e polêmica para os torcedores, no domingo (29). O Softbank Hawks que confirmou o mando de campo com mais uma vitória sobre o Yokohama DeNA Baystars, virada por 4 a 3.

Veja também: Ataque explode em uma entrada e Hawks atropelam Baystars no primeiro jogo da Japan Series

Dessa vez o ataque de Yokohama deu trabalho para os arremessadores de Fukuoka. As duas primeiras corridas do time vieram de home runs na sexta entrada, quando o time conseguiu a virada, após sair perdendo com uma corrida logo na primeira entrada.

Perdendo por 3 a 1 até a sétima entrada, com o excelente trabalho de Shota Iamanaga no montinho dos Baystars, os Hawksse aproveitaram da entrada dos relevos e conseguiram virada com três corridas na entrada, com a ajuda providencial de seu MVP, Yuki Yanagita.

Yanagita impulsinou a segunda corrida, anotou a terceira, após quase ser elminado na segunda base, salvo por um erro defensivo, e foi espectador de camarote da quarta e mais que polêmica corrida, anotada por Kenta Imamyia.

O lance, primeiramente marcado pelo árbitro como eliminação no home plate, que daria a terceira eliminação e fim de entrada, com o jogo empatado, foi revisado por vídeo e a chamada foi revertida para salvo e corrida anotada. O lance, discutível mesmo com o vídeo, deu a vitória, confirmada pelo sempre seguro Dennis Sarfate e mais um save.

Melhores momentos da vitória dos Hawks:

O terceiro jogo da série acontece nessa terça (31), agora em Yokohama.


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.