Gecebs campeão brasileiro! Em jogo emocionante, time de Arujá venceu Atibaia

O Campeonato Brasileiro tem um novo campeão, definido em um grande jogo, emocionante e muito disputado até o fim das nove entradas. Anotando todas as suas corridas em apenas uma entrada, o Gecebs venceu o Atibaia de virada, pelo placar de 4 a 3 neste domingo (13), em Ibiúna, no CT Yakult.

Após dois anos consecutivos com a terceira posição, o Gecebs conquista a taça de campeão nacional, impedindo um novo título de Atibaia, que conquistou seu último troféu em 2013.

O início do jogo

A partida começou com o Gecebs no ataque, enfrentando Leonardo Villas Boas, abridor da equipe de Atibaia. O turno ofensivo durou pouco, com apenas um walk e um wild pitch cedidos.

Já na parte baixa da entrada inicial, o placar foi inaugurado. O abridor do time de Arujá, Marco Murakami, cedeu a primeira base, através de um walk, para Felipe Tanaka, que, após duas eliminações, seria impulsionado por Lucas Rojo.

A segunda entrada passaria com os dois times chegando em base, colocando jogadores em posição de anotar corrida, mas acabando da mesma forma, uma eliminação de bola aérea para ambos.

Entrada decisiva

A entrada seguinte, a terceira, seria decisiva para o resultado do jogo. Com muita potência no ataque, muitos contatos em seguida, o Gecebs colocou os cinco primeiros rebatedores em base, através de rebatidas simples. Gustavo Kamitani impulsionou Rafael Ikeda. Na sequência Fernando Nishimura impulsionou Felipe Mizukosi para a virada.

Com bases lotadas e dois eliminados, ainda na terceira entrada, foi a vez de Renan Ishihara impulsionar corrida, e foram logo duas. Kamitani e Nishimura completariam as corridas, mais que importantes no jogo.

Reação de Atibaia

Após uma rápida parte baixa de terceira entrada, passando pela quarta e parte alta de quinta entrada, o Atibaia voltou a reagir, se aproveitando da troca de arremessadores do adversário. Era a primeira entrada de Guilherme Domingues no montinho do Gecebs e a entrada duraria pouco para ele. Dois jogadores em base e nenhum eliminado foram suficientes para a saída.

Pedro Asano entrou e conseguiu a primeira eliminação, mas o Atibaia anotaria sua terceira corrida. Kazuo Takayama, mesmo sendo eliminado, impulsionou a corrida de Tanaka. Na sequência nova troca no montinho. Hiroyuki Kitayama teve uma breve passagem, cedendo uma rebatida para Rojo, que impulsionou a corrida de Hallan Chimura.

Apenas com a entrada de Rodney Uehara, no montinho do Gecebs, é que a sangria foi contida. O arremessador fechou a entrada e seguiu até o fim do jogo.

Entradas finais emocionantes

Sexta e sétima entradas foram mais mornas, com apenas uma rebatida e um walk para cada time. No geral as defesas trabalharam bem em apoio aos arremessadores. Na oitava entrada o Gecebs pressionou com jogadores em base, mas acabou a entrada sem nova corrida e com um strikeout de Jean Tomé, que arremessava por Atibaia naquele momento.

Na parte baixa da entrada, o próprio Tomé foi o primeiro rebatedor e chegou em base após um walk. Após uma sequência de dois bunts de sacrifício, o jogador já estava na terceira base. Mas a entrada também acabaria zerada para Atibaia com uma excelente defesa de Ikeda no campo externo.

A nona e última entrada chegou. O time de Arujá colocou dois jogadores em base após walk, mas não saiu disso, deixando tudo para a parte baixa da entrada.

Quem ver a estatística, pode pensar que foi muito rápido, pois apenas três jogadores de Atibaia foram ao bastão, mas não foi bem assim. O primeiro confronto foi uma por striketout. O segundo, Chimura, foi uma rebatida simples. O terceiro, Takayama, também foi uma rebatida no campo interno, mas por uma sucessão de erros e acertos defensivos, o jogador seria eliminado.

Após Chimura ser eliminado na segunda base, Takayama chegou salvo na primeira base, com o erro no lançamento do segunda para o primeira base. Tentando se aproveitar do erro, para conquistar mais uma base, o jogador correu, mas não foi o suficiente para chegar salvo a segunda base, sendo eliminado com um tag, dando fim ao grande jogo.

Festa imediata dos jogadores do Gecebs em campo. O time conquista a dobradinha no ano, já que havia conquistado o Campeonato Paulista no mês de julho.

Disputa do 3º lugar

O time do Gigantes ficou com a terceira posição, após vencer o Medicina USP por 6 a 2, em jogo disputado simultaneamente a final, em Ibiúna. Assim como o campeão e vice, os dois times também estão classificados para a Taça Brasil no final do ano.


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.