E chegou a fim à Série do Caribe 2018, evento que reúne as equipes campeãs dos principais torneios de beisebol da América Latina. Como já havíamos abordado em uma matéria introdutória sobre o torneio, são permitidas adições de outros jogadores das mesmas ligas nacionais nas equipes que disputam a Série do Caribe, fazendo que esta fique mais com um jeitão de torneio de seleções do que uma disputa entre clubes.

Na noite de ontem (8) a equipe Criollos de Caguas, que representava Porto Rico, venceu por 9-4 as Águilas Cibaeñas, da República Dominicana, e se sagrou pela quinta vez — e a segunda consecutiva — campeã da Série do Caribe. O mais impressionante da partida é que a equipe portorriquenha perdia por 4-1 até o último terço da partida.

Ninguém poderia imaginar que a equipe dominicana iria perder o controle da partida na sétima entrada, quando o abridor da equipe, Raúl Valdés, chegou a ter dez eliminações consecutivas de jogadores portorriquenhos. Porém, com uma sequência de rebatidas simples, que culminou em um home run de três corridas de Jonathan Morales, os Criollos de Caguas passaram a frente no placar, por 6-4, e desde então não perderam mais o controle da partida.


Segue um resumo com o placar das partidas disputadas na Serie do Caribe 2018:

Data Equipe Resultado Equipe
2 de fevereiro
Caribes de Anzoátegui (VEN) 4 – 6 Alazanes de Granma (CUB)
Criollos de Caguas (PRO) 7 – 4 Tomateros de Culiacán (MEX)
3 de fevereiro
Águilas Cibaeñas (DOM) 4 – 15 Caribes de Anzoátegui
Tomateros de Culiacán 4 – 5 Alazanes de Granma
4 de fevereiro
Aguilas Cibaeñas 6 – 3 Criollos de Caguas
Caribes de Anzoátegui 6 – 4 Tomateros de Culiacán
5 de fevereiro
Criollos de Caguas 12 – 7 Caribes de Anzoátegui
Alazanes de Granma 1 – 7 Aguilas Cibaeñas
6 de fevereiro
Alazanes de Granma 6 – 3 Criollos de Caguas
Tomateros de Culiacán 8 – 1 Aguilas Cibaeñas


Semifinais:

7 de febrero
Criollos de Caguas 6- 5 Caribes de Anzoátegui
Águilas Cibaeñas 7 – 4 Alazanes de Granma

Final:

8 de febrero Águilas Cibaeñas 4 – 9 Criollos de Caguas

About The Author

Torcedor do Philadelphia Phillies, mostra que a paixão pelo beisebol não é uma escolha racional. Cada dia mais viciado pelo esporte, passa metade do dia assistindo aos jogos, lendo textos sobre beisebol ou discutindo as trades no fantasy.

Related Posts

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.