A Climax Series do Pacífico chegou ao jogo três, decisivo, após dois jogos dominados por arremessadores. Se no jogo 1, Yusei Kikuchi teve um dia quase perfeito com um jogo completo no shutout de 10 a 0 do Saitama Seibu Lions. No jogo 2, foi a vez de Takayuki Kishi deixar o Tohoku Rakuten Eagles vivo na série, com uma vitória por 4 a 1, em seis entradas sem ceder corrida.

Em mais um jogo disputado no MetLife Dome, casa dos Lions, os Eagles conseguiram a classificação com a vitória por 5 a 2, com a participação mais que efetiva de Zelous Wheeler (ex New York Yankees).

Logo na primeira entrada, com bases lotadas, Wheeler impulsionou a primeira corrida do jogo, anotada por Eigoro Mogi. Com o placar em 2 a 1 para os Eagles na oitava entrada, o terceira base foi ao bastão pela quarta vez ao jogo e conseguiu sua terceira rebatida, desta vez um home run monstruoso, colocando mais uma corrida de vantagem no placar.

Se Wheeler foi o grande herói do jogo, Brian Schlitter, arremessador norte-americano, com passagem pelo Chicago Cubs, foi o anti-herói pelos Lions. Foi ele quem cedeu o home run para Wheeler, além de um walk e mais um home run de duas corridas para Shintaro Masuda, deixando o placar em 5 a 1, praticamente definido a favor dos Eagles.

Os Eagles passam para a final da Climax Series, onde terão a difícil tarefa de passar pelo melhor time da liga, o Fukuoka Softbank Hawks, em uma melhor de sete jogos, todos no Fukuoka Yafuoku! Dome, casa dos Hawks.


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.