Cinco jogos, um interrompido pela chuva, dois dias sem jogos devido às chuvas também, virada nas séries e último time a garantir classificação na Climax Series. Esse pode ser o resumo da epopeia do Yokohama DeNA Baystars.

Assim como na Climax Series First Stage da Central, quando perdeu o primeiro jogo para o favorito Hanshin Tigers, o time de Yokohama saiu perdendo a série final para o Hiroshima Toyo Carp, vencendo todos os quatro jogos seguintes. Nessa terça (24) mais um grande jogo do potente ataque dos Baystars, garantindo a vitória por 9 a 3.

Se as séries foram vencidas de de virada, o jogo final não poderia ser diferente. Após sair perdendo por 2 a 0, logo na primeira entrada, o ataque apareceu e foi avassalador, com 16 rebatidas e corridas anotadas em seis das oito entradas seguintes.

Yoshitomo Tsutsugo, grande estrela do time, que andava meio adormecido na pós-temporada, apareceu com a sua costumeira potência no bastão. Foram dois home runs e três corridas impulsionadas na partida.

Melhores momentos da vitória dos Baystars:

 

Do outro lado da liga, a Climax Series do Pacífico já está definida desde o domingo (22). O Fukuoka Softbank Hawks confirmou a classificação para a Japan Series com três vitórias seguidas, depois de perder os dois primeiro jogos para o Tohoku Rakuten Golden Eagles.

O time de Fukuoka, melhor campanha e favorito ao título da NPB, contou com o reforço de Yuki Yanagita, provável MVP, que ficou fora dos quatro primeiro jogos. Seiichi Uchikawa foi o melhor do time na ausência de Yanagita. Além dele, Dennis Sarfate foi a segurança que o time precisava nos jogos 3 e 4, garantindo o empate na série.

Hawks viraram a série contra os Eagles (Foto – Kyodo)

A Japan Series começa no sábado (28), em Fukuoka. Assim como na MLB a série é jogada em melhor de 7 jogos (2-3-2).


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.