A Japan Series começou da forma que se imaginava, com os ataques, principalmente um deles, prevalecendo no confronto entre o Fukuoka Softbank Hawks e o Yokohama DeNA Baystars. Na partida inaugural da série os Hawks prevaleceram em sua casa e venceram por 10 a 1, nesse sábado (28).

Veja também: A surpresa Baystars contra o favorito Hawks, a Japan Series será espetacular!

Em uma noite em que tudo funcionou para o time da casa, os Hawks viram seu ace, Kondai Senga, dominar o ataque adversário, limitando-os a quatro rebatidas e uma corrida apenas. Yoshitomo Tsutsugo e José Lopéz, as dois principais armas no bastão dos Baystars, saíram zerados da partida.

O time de Fukuoka abriu o placar logo na primeira entrada, com Alfredo Despaigne impulsionando a corrida. O cubano finalmente apareceu nessa pós-temporada, responsável por impulsionar as duas corridas mais importantes do jogo.

Após anotar outras duas corridas na segunda entrada e os Baystars diminuir a diferença na alta da quinta, Despaigne foi o responsável por começar a avalanche de corridas na parte baixa da entrada. Ele impulsionou a primeira corrida e depois anotou a segunda das sete corridas da entrada. “É meu trabalho impulsionar corridas”, disse Despaigne. “Estou feliz por ter conseguido fazer isso hoje“.

Melhores momentos da vitória dos Hawks:

O segundo jogo da série acontece nesse domingo (29), também em Fukuoka.


Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @casadobeisebol e curta-nos no Facebook.